Tecnologia do Blogger.

Resenha: A Batalha do Apocalipse de Eduardo Spohr.

Livro:A Batalha do Apocalipse.
Autor:Eduardo Spohr.
Editora:Verus.
Páginas:586

Sinopse:Há muitos e muitos anos, o Paraíso Celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafiou a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio, e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o dia do Juízo Final.
Mas eis que chega o momento do Apocalipse, o tempo do ajuste de contas. Único sobrevivente do expurgo, o líder dos renegados é convidado por Lúcifer, o Arcanjo Negro, a se juntar às suas legiões na batalha do Armagedon, o embate final entre o Céu e o Inferno, a guerra que decidirá não só o destino do mundo, mas o futuro do universo.
Das ruínas da Babilônia ao esplendor do Império Romano; das vastas planícies da China aos gelados castelos da Inglaterra medieval. ‘A Batalha do Apocalipse’ não é apenas uma viagem pela história humana, mas é também uma jornada de conhecimento, um épico empolgante, cheio de lutas heróicas, magia, romance e suspense.

Minha Opinião:Antes de começar a falar qualquer coisa a respeito desse livro preciso esclarecer o seguinte ponto:Sou religiosa e quando li as primeiras páginas desse livro achei que seria 'cética'com relação a toda estória.Como assim D'us está dormindo,gente?Eu acredito em D'us,Único O ETERNO e esse não era um deus que eu queira pra mim.
Outro ponto a ser esclarecido é:eu não sou fanática.Mesmo que a declaração acima pareça que eu seja.
Então vamos ao livro.A estória é boa e seria uma obra que daria muito certo se fosse adaptada para o cinema,na minha opinião.Porquê?Pois o que o autor teima a nos contar antes de acontecer seria imperceptível no filme e que é perceptível no livro.
Gosto muito de livros que aguça a minha curiosidade que me faça virar página atrás de página para eu ver o que acontece.O que não é o caso desse livro,pois o autor sempre deixa claro nas entrelinhas o que vai acontecer  o que torna a leitura sem muita fluência.Se eu não fosse uma daquelas pessoas persistentes eu já teria empacado e não teria lido o livro.No entanto,tirando as narrativas explicativas,a estória é muito boa.E aquela parte do arcanjo Gabriel ser o pai de Jesus faz bastante lógica.A parte que eu mais gostei desse livro é sobre os espíritos antigos que Ablon encontra em sua passagem pela China.E não consegui senti o amor que Shamira e Ablon dizem sentir um pelo o outro senti mais como se fosse uma  grande amizade.

Quando D'us terminou o mundo descansou no sétimo dia,ou seja ,foi dormi e passou o controle do universo para os poderosos arcanjos dos quais o líder é Miguel.Miguel por sua vez sente ciúmes do amor do Pai pelos humanos e começa uma guerra épica para destruir os seres humanos,camuflando seus atos dizendo que todos os desígnios dos homens são maus.É aí nesse cenário que entra Ablon,primeiro general o qual levanta uma rebelião contra os poderosos arcanjos a  favor dos humanos,traído pelo arcanjo Lúcifer é banido do céu para terra,juntamente com aqueles que o apoiavam.Depois de viver escondido fugindo dos anjos enviados pelo arcanjo Miguel para o destruir seus caminhos cruzam com a da  bela Shamira,feiticeira de En-Dor,então prisioneira do rei Ninrod na torre de Babel.E a partir desse encontro um laço de amizade se forma entre os dois(que é um sentimento maior que os domina),e passam a se cruzar muitas vezes no decorrer da estória onde a feiticeira ajuda Ablon a entender melhor os seres humanos.Até que o sétimo dia está para acabar e um amargedon se aproxima a qual a participação dos dois é crucial.

Bye,

A menina e seus livros..

Sobre o Autor:
















Eduardo Spohr nascido em junho de 1976 no Rio de Janeiro.É um jornalista,escritor,professor,blogueiro e podcaster brasileiro.É autor de 4 livros publicados dentre eles A Batalha do Apocalipse.

Minha caixa de correio (02)

Chegou pra mim essa semana três livros que comprei através de um catálogo.Estou animadíssima para ler.
São eles:

  1. Fala Sério,Mãe de Thalita Rebouças.
  2. Starters de Lissa Price.
  3. Nascida à Meia Noite de C.C.Hunter.

A capa de Starters parece ter tudo a ver com o livro pelo o menos pela sinopse.
 e
Tenho visto resenhas super positivas desses últimos livros que me deixou bem animada.

Em breve estarei aqui com mais Livros Adquiridos.

Bye ,

A menina e seus livros.

Resenha: Marina de Carlos Ruiz Zafón.

Livro:Marina
Autor:Carlos Ruiz Zafón
Editora:Suma de Letras


Toda vez que eu ver uma borboleta negra de asas abertas vou me lembrar desse livro.

Quando comprei este livro eu não dava nada por ele.E ele ficou lá na minha estante como muitos outros livros que tenho a espera de se tornar meu amigo e passar alguns dias comigo.E então eu estava lendo a Batalha do Apocalipse de Eduardo Spohr e precisei ir ao sítio ver minha mãe e como não queria carregar muito peso na bolsa acabei optando levar Marina ao invés de A Batalha do Apocalipse.
Devo confessar que não consigo ler livros em ônibus.Por isso comecei a ler enquanto esperava pelo próximo ônibus na rodoviária.Comecei a lê-lo quase que mecanicamente,quando de repente não conseguia mais parar de ler.Nem vi a hora passar.São essas surpresas que me faz ser grata por ser uma leitora.Sinto um prazer muito grande e fico meio que sorrindo abobalhada.Acho que alguns transeuntes da rodoviária perceberam isso,pois quando percebi alguns estavam me olhando meios surpresos.
Gostei muito da forma como o autor escreveu a estória,a leitura flui e não é cansativa.Amei o ar de suspense me senti como se estivesse assistindo a algum daqueles filmes de suspense.Com o coração na boca e tudo.Amei a estória,pena que a Marina...é,bom não vou contar.Cheguei a crer que era algo sobrenatural,mas era mais pro lado de experiências científicas mesmo.Me lembra muito o Dr.Frankenstein.
Ficou curiosa(o)?.Então não perca tempo corra logo para lê-lo.

 Bye.

A menina e seus livros.


Sobre o Autor:



Carlos Ruiz Zafón, nascido em 25 de setembro de 1964 em Barcelona,Espanha.É autor de 8 livros dentre eles A Sombra do Vento pelo qual foi considerado uma das maiores revelações literárias dos últimos anos.Marina foi publicado em 2011.Atualmente ele reside em Los Angeles onde escreve  roteiros para o cinema.Também é colaborador nos jornais espanhóis La Vanguardia e El Pais.

Resenha: A Culpa é das Estrelas de John Green

Livro:A Culpa é das Estrelas. 
Autor:John Green.
Editora:Intrínseca.
Páginas:286
Ano:2012

Sinopse:Hazel é uma paciente terminal.Ainda que,por um milagre da medicina,seu tumor tenha encolhido bastante_o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos,o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico.Mas em todo enredo há uma reviravolta,e a de Hazel se chama Augustus Waters,um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer.Juntos ,os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.


Comentário:Primeiro livro que li do autor John Green,e o único até agora,e amei a forma de escrever dele,'eu leria até a lista de supermercado dele',como nossa mocinha do citado livro gosta de dizer do seu autor favorito.

Triste e MA-RA-VI-LHO-SO,John Green trouxe a realidade para as páginas de um livro.Esse é um dos grandes presentes que um autor dá para seus leitores.E eu confesso,pessoal,chorei e olha que não sou muito de chorar.

Hazel Grace é uma adolescente que foi diagnosticada com câncer de tireoide  em estágio  IV aos 13 anos.E o que disseram:era incurável.Mesmo assim passou por uma cirurgia chamada de dissecação radical do pescoço e depois tentaram radioterapia para os tumores no pulmão,que diminuíram no primeiro momento,mas cresceram de novo.Já com 14 anos seus pulmões começaram a encher de liquidos.Por fim,acabou na UTI com pneumonia.E depois de testar um remédio experimental ,que não funcionava em mais de 70% das pessoas funcionou em Hazel.E os tumores reduziram de tamanho.Mas isso só deu mais tempo para Hazel.
  Por isso Hazel anda por aí arrastando um cilindro de oxigênio,já que seus pulmões não conseguem fazer o trabalho sozinhos.E adora assistir Tv,principalmente seu programa favorito America's Next Top Model e ler seu livro favorito ,quase sagrado ,que já leu incontáveis vezes Uma Aflição Imperial  ,que conta a história de uma menina assim como Hazel em estado terminal ,mas que o autor Peter Van Houten,termina o livro sem esclarecer se a personagem viveu ou morreu e que fim levou os outros personagens.
Certo dia ao ir ao Grupo de Apoio a Criança com Câncer,Hazel conhece Augustus Waters um amputado.Que teve câncer nos ossos e por isso teve que amputar a perna,mas que agora estava curado pelo ou menos é que todos achavam.Augutus ou 'Gus' se encanta por Hazel e Hazel por Gus.Se tonando amigos e mais tarde namorados.Gus é uma garoto divertido e que vê a vida como uma dádiva e que brinca com a situação de ambos.
Hazel diz ter curiosidade de saber o que aconteceu com os personagens de seu livro favorito a Gus que usa seu desejo de uma empresa que realiza desejos de crianças com câncer para irem a Holanda conhecer o autor Peter Van Houten e perguntar sobre o destino dos personagens.O que acaba sendo uma grande decepção já que o autor é um grosso e mal-educado.A historia continua na saga para obter a resposta do destino dos personagens e as recaídas de Hazel mas o mais inesperado acontece e mudará todo o rumo da história...
"Não sou formada em matemática,mas sei de uma coisa:existe uma quantidade infinita de números entre 0 e 1.Tem o 0,1 e o 0,12 e o 0,112 e uma infinidade de outros.Obviamente,existe um conjunto ainda maior entre o 0 e o 2,ou entre o 0 e o 1 milhão.Alguns infinitos são maiores que outros...Há dias,muitos deles,em que fico zangada com o tamanho do meu conjunto ilimitado.Eu queria mais números do que provavelmente vou ter."
               (Hazel Grace)

Sobre o Autor:

John Michael Green nascido em 24 de agosto de 1977 em Indianápolis,Indiana é um Vlogger e autor de livros para jovens adultos.Dentre seus livros mais conhecidos estão A Culpa é das Estrelas,O Teorema Katherine e Quem é Você Alasca?





Resenha: As Aventuras de Pi de Yann Martel.

Livro:As Aventuras de Pi.
Autor:Yann Martel.
Páginas:371
Editora:Nova Fronteira.

Sinopse:A vida é capaz de pregar cada peça... Tomemos o exemplo de Piscine Molitor Patel, também conhecido como Pi, sim, isso mesmo, igual a 3,14. Um menino indiano de dezesseis anos, filho do dono de um zoológico, vegetariano e... bom... hindu, cristão e muçulmano. Muito bem; pois esse jovenzinho absolutamente normal será lançado numa das maiores aventuras já idealizadas pelo homem moderno, uma luta pela sobrevivência em meio à natureza selvagem e imprevisível do Pacífico. Somos apresentados a esse cativante personagem que subitamente perde tudo - os sonhos, a família, um futuro - após o naufrágio de seu navio. Pois tudo que lhe resta são um vasto oceano, um bote e uma tripulação de sobreviventes composta de uma zebra, uma hiena, um orangotango e um tigre-de-bengala, animais do antigo zoológico. Animais selvagens, ferozes e letais, diga-se de passagem. É uma história e tanto, não é?


Comentário: Amei a capa desse livro e achei a narrativa um pouco chatinha,mas continuei lendo e no final do livro o autor me dá um tapa na cara e deixa minha cabeça fervendo de perguntas.Sim de repente toda a estória que você leu é posta em dúvida pela última parte do livro e você se pergunta qual estória é verdadeira.E eu apesar de continuar afirmando que a narrativa é um pouco chatinha(cansativa)pelo menos para mim,ameeei a reviravolta no final,nunca antes eu tinha lido um livro assim,nunca fiquei do jeito que fiquei quando termino de ler um livro.Fiquei de boca aberta,literalmente.Recomendadíssimo.Só tô com vontade de perguntar ao autor qual é a versão verdadeira.Mas tudo bem,vamo lá:

    Piscine Molitor Patel é um garoto indiano nada normal .Que preferiu ser chamado de Pi igual ao 3,14...da matemática,do que ser chamado de "Pipi" pelos seus colegas.Pi era filho do dono de um zoológico e por isso cresceu praticamente com os animais e desde cedo aprendeu como se comporta os animais principalmente a temer o animal mais perigoso do zoológico o tigre Richard Parker.Aos 16 anos ,Pi vê sua vida mudar completamente quando seu pai anuncia que irão mudar para o Canadá,colocando à venda todos os animais do zoológico,mas muitos ainda irão com eles para o Canadá para lá serem vendidos,inclusive Richard Parker.E juntos,animais e a família de Pi embarcam no carguero TsimTsum.
   No começo era apenas uma aventura para Pi e seu irmão Ravi.Mas numa noite ao ser acordado por um barulho estranho Pi,sai da cama e vai ver o que está acontecendo percebendo que estão no meio de uma tempestade.Quando percebe os animais soltos e o navio sendo inundado de água.Sua primeira reação é avisar os pais e o irmão mas já depara com o navio todo cheio de água.Quando volta para avisar ao comandante para resgatar sua família ele é jogando para dentro de uma bote salva-vidas.E então tudo muda na sua vida,ele se vê no meio do oceano pacífico com uma zebra,uma hiena ,uma orangotango chamada Suco de Laranja e o temido Richard Parker o  tigre-de-bengala.E é aí que começa a maior aventura de sua vida...

Sobre o Autor:


Yann Martel nasceu em 25 de junho de 1963,em Salamanca,Espanha.Cursou Filosofia na Universidade de Trent em Peterborough ,Ontário.Seu primeiro livro publicado foi Seven Stories e autor de mais 8 livros dentre eles As Aventuras de Pi,que foi adaptado para o cinema e pelo qual é mais conhecido.Atualmente reside em Saskatoon,Canadá. 





Total de visualizações de página

A menina e seus livros Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados